UEFA Champions League: agora é Mata-Mata

Enquanto ler este post, bote esta musiquinha pra entrar no clima: Hino da Champions League

Nesta terça-feira começa a segunda fase do Maior torneio de clubes do Mundo. Agora entrando nas oitavas de final, a Champions League vem para seu momento decisivo – com jogos de ida e volta – que prometem garantir por mais um ano o bom nível técnico e as emoções que estes confrontos proporcionam.

A competição existe neste formato desde 1992, substituindo a Copa dos Campeões da Europa, que existe desde 1955. Vencida por 21 clubes diferentes – rotatividade que diminuiu na última década – movimenta cifras astronômicas (7.100.000 é o valor mínimo, estimado, de euros recebido por cada uma das equipes que marcaram presença na fase de grupos, recordes constantes em cotas de patrocínio, direitos de transmissão, assim como de gastos das equipes que tem a disputa pela frente na temporada) e inflama as torcidas, não só pela Europa, mas por todo o mundo. Após a Copa, é a competição de futebol mais vista pelo mundo, com audiência estimada de 1,7 bilhões de expectadores para sua grande final.

Os confrontos que teremos são:

MILAN X TOTTENHAM: A equipe inglesa vem com moral para a disputa após classificar-se em primeiro no Grupo A, deixando a atual campeã Internazionale para trás. O primeiro jogo será no San Ciro, nesta terça-feira, 17h45 – horário de Brasília – com as duas equipes bem desfalcadas. O Milan -que penou para superar o Ajax e se classificar para a fase eliminatória no grupo que contava também com Real Madrid, deve sentir falta de Pirlo – com o joelho machucado, e a equipe inglesa tem dúvidas sobre as condições de jogo de Van der Vaart e Gareth Bale, jogadores essenciais no esquema do técnico Harry Redknapp. Além disso, já estão confirmadas as ausência de Modric, King e Huddlestone.

Sem Bale e Van der Vaart poderia o Tottenham desafiar o gigante rossonero?

 

PALPITE: com tantos desfalques, mesmo sendo a sensação do torneio até o momento – e irei torcer para eles – acho que o Milan deve prevalecer. Tem apresentado um excelente futebol no Calcio e não vejo motivos para que perca a vaga na próxima fase.

VALENCIA x SCHALKE 04: A equipe alemã terá um duro adversário. O Valencia joga solto, rápido, e deve explorar a pouca mobilidade do Schalke, que, por sua vez, conduzido pelo enjoado treinador Felix Magath, deve tentar engessar o veloz meio-campo espanhol, de Joaquim e Juan Mata.

PALPITE: Neste jogo, a vantagem do Schalke de decidir em Gelsenkirchen deve ser determinante. Apesar de viverem momentos muito diferentes nos campeonatos nacionais (o Valencia vem em terceiro no Espanhol enquanto o Schalke é somente o décimo na Bundesliga) acredito na boa campanha da equipe alemã na competição até então. Deve pesar o  a experiência de Raul, maior artilheiro da história da Champions e sua incrível sorte contra os valencianos.

ROMA x SHAKHTAR DONETSK: Apesar da aparente supremacia dos italianos, que deve tentar impor sua escola, o Shakhtar vem – com seu exército de brasileiros – de uma ótima campanha na fase de grupos, desbancando o Arsenal e contanto com ótima atuações de Jadson, Luiz Adriano e Fernandinho. Também é líder isolado no campeonato ucraniano, 12 pontos a frente do segundo colocado, Dinamo.

PALPITE: Eu sei que tradição pesa muitas vezes, mas a equipe de Totti deve sofrer nestes jogos. Talvez até demais…

ARSENAL x BARCELONA:

Este não dá pra perder! Dois times que jogam solto, com velocidade e técnica, tem tudo para ser o jogo mais bonito desta fase. O Barça vem jogando o fino da bola esta temporada e parece estar sempre um passo a frente de seus adversário, é superior coletivo e individualmente. Já o Arsenal precisa se superar na tentativa de conquistar a vaga. Não deve abdicar do seu estilo ofensivo – mudar de estilo  para tentar parar um adversário não parece ser mesmo a melhor opção, só deu certo para o Mourinho ano passado… – e tentara fazer um jogo franco contra o Barça. Perigoso, mas é sua única chance. Ano passado não deu certo: vitória azulgrená. A partida ocorre nesta quarta-feira, em Londres, as 17h45 (horário de Brasília)

Os maestros

PALPITE: as duas equipes vem com força máxima (Nasri é duvida nos Gunners, mas ainda pode jogar) e quando esta com força máxima, não dá pra não apostar no Barcelona.

Anúncios

3 responses to “UEFA Champions League: agora é Mata-Mata

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s