De quem são as bolas?

Curto e grosso: do Flamengo.
Para os mais novos, explico: lá pelos idos 1987 (eu tinha 2 anos e me lembro bem desse episódio), os times do Brasil tretaram todos, o Campeonato Brasileiro como é conhecido hoje, era chamado de Copa Brasil. Era dividido em dois módulos: o verde, oficialmente chamado de Taça João Havelange (se você lembrou de 2000, você está no caminho certo), mais popularmente conhecido por Copa União, que foi vencido pelo Flamengo, e o módulo amarelo (nome oficial: Taça Roberto Gomes Pedrosa), cujo campeão foi o Sport.

Tudo começou quando, em meados de 87, a CBF alegou estar na dureza e pediu ao presidente do SPFC que juntasse os maiores times do Brasil e organizasse o Campeonato Brasileiro daquele ano (se você está pensando em Clube dos 13, você está no caminho certo). Foram eles: Corinthians, Palmeiras, São Paulo, Santos, Atlético Mineiro, Cruzeiro, Internacional, Grêmio, Fluminense, Vasco, Botafogo, Flamengo e Bahia (pode contar, tem 13). Eles organizaram a Copa União. Já que o futebol no Brasil naquela época era um pouco mais bagunçado que hoje, ficaria feio prá CBF se a FIFA chegasse perguntando que merda era essa acontecendo aqui. Então, a CBF pediu que chamassem mais 3 times de outros estados sem representantes para o campeonato. Os escolhidos foram Coritiba, Santa Cruz e Goiás.

Você já deve ter percebido que “sem querer” os clubes mais ricos do país formaram um campeonato. O negócio começou a dar lucro. E a CBF adorou. Gostou tanto que ela quis organizar o campeonato com o campeonato rolando. A ideia genial era dividir em dois módulos: no verde ficariam os clubes que já estavam disputando a Copa União, e no amarelo um monte de gente que nunca desceu prá nem subiu da série B (pois em 86 não tinha série B, era tudo A, mas falaremos disso em outra oportunidade) e, no fim, os campeões e os vices de cada módulo se enfrentariam num quadrangular final para definir o campeão e os dois brasileiros que iriam prá Libertadores. Confuso? Está só começando.

O Clube dos 13 não aceitou a proposta. Eurico Miranda (ele), na época vice-presidente do Vasco, assinou um documento aceitando a decisão da CBF. Mas só ele fez isso e não avisou ninguém. Por fim, não valeu nada, só aumentou a bagunça. O América (RJ), integrante do módulo amarelo, vendo que ninguém do módulo verde nunca reconheceria os amarelos como primeira divisão, boicotou todos os jogos: não compareceu a nenhum, perdeu todos de W.O.

Isso tudo sem contar que a CBF ainda organizou dois outros módulos, Azul e Branco, que classificariam 12 equipes para a segunda divisão de 88. Essa mesma CBF nem se importou que seu próprio regulamento tinha dado errado: no módulo amarelo, nunca ficou definido quem era vice e quem era campeão. Sport e Guarani, após uma disputa de pênaltis que ficou 11×11, dividiram o título em comum acordo.

No fim do ano, rolaria o tal quadrangular. Flamengo e Internacional, alegando que o regulamento tinha sido alterado sem consentimento do Clube dos 13, negaram-se a disputar as finais.  Sport e Guarani venceram por WO e CBF declarou Sport campeão, enquanto o Clube dos 13, o Conselho Arbitral e o CND (Conselho Nacional de Desportos – quem efetivamente mandava no futebol à época) fez o mesmo com Flamengo.

ps 1: Por que do Flamengo?
A CBF, toda pimpona, desiste do Campeonato Brasileiro. Quando alguém toma as rédeas, ela quer ir na janelinha. Se o regulamento da Copa União previa que o primeiro colocado era o campeão Brasileiro, então Flamengo é o campeão de 87.

ps 2: João Havelange? 2000? 86 não tinha série A e série B? Que merda você tá falando?
Veja bem: em 2000 a CBF desistiu DE NOVO de organizar o Campeonato Brasileiro. De novo, o Clube dos 13 ficou responsável pelo campeonato que ficou conhecido por Copa João Havelange, na qual ninguém seria rebaixado à série B e que teve Vasco (do presidente Eurico Miranda – sim, ele) como campeão.

E agora vem a CBF querendo ficar amiguinha de todo mundo reconhecendo Flamengo campeão de 87? Demorou hein!

por C. A.

Anúncios

3 responses to “De quem são as bolas?

  1. O FUTEBOL NO BRASIL É UMA COISA ENGRAÇADA. O CARA GANHA ELEIÇÃO PARA ALGUMA COISA E IMEDIATAMENTE JÁ VIRA DONO . OU SEJA QUER MANDAR PRO RESTO DA VIDA. MAS NÃO É SÓ AQUI NO BRASIL DE 1974 ATÉ HOJE A FIFA SÓ TROCOU DE PRESIDENTE UMA UNICA VEZ. E A CBF TEM QUANTO TEMPO QUE O RICARDO TEXEIRA VEM FAZENDO MANIPULAÇÕES EM CIMA DOS TIMES. E O FABIO KOOF NO CLUBE DOS 13 DESDE QUANDO FOI FUNDADO . O EURICO MIRANDA NO VASCO FOI TIRADO PELA JUSTIÇA.E AGORA O DINAMITE ME PARECE QUE VAI FICAR ATE QUANDO QUISER. E NA FEDERAÇÃO MINEIRA O GUILERME FICOU DURANTE UNS TRINTA ANOS, DEPOIS DE TANTOS DESMANDOS A JUSTIÇA O TIROU E COLOCOU UM PROVISORIO QUE JA ESTA A MAIS DE 10 ANOS.ESSE RICARDO TEXEIRA É TÃO MANDATARIO QUE NEN A CPI DO FUTEBOL ELE E O EURICO NÃO DEIXOU IR EM FRENTE. SERA QUE NO BRASIL NÃO TEM LEI PRA ESSAS PESSOAS.VAMOS MORALIZAR O FUTEBOL.ESSE ROLO DA GLOBO COM O CLUBE DOS 13 EU SOU CAPAZ DE APOSTAR QUE TEM A MÃO DO TEXERA.OUTRA COISA SEDE DA CBF DEVERIA SER NO DISTRITO FEDERAL.PORQUE NO RIO ?SE MUDARAM TODO O COMANDO DO BRASIL PARA BRASILIA A CBF TAMBEM É UM ORGÃO FEDERAL DEVIA SER EM BRASILIA.NO RIO A MANIPULAÇÃO FICA MAIS FACIL. COMO UM ORGÃO IGUAL A CBF QUEBRA?ENTRA TANTO DINHEIRO.ESSES DEPUTADOS DEVERIAM APROVAR UMA LEI NO BRASIL EM TODOS CARGOS PUBLICOS A PESSOA SÓ PODERIA CONCORRER A REELEIÇÃO SÓ UMA VEZ.É COMO CONCORRER A ELEIÇÃO EM CIDADE PEQUENA COM A PREFEITURA NA MÃO SÓ PERDE QUEM FOR MUITO IDIOTA. É MUITO DESLEAL OS ADVERSARIOS NÃO TEM CHANCES.

  2. No meu post eu falo um pouco disso. A CBF deu a Taça das Bolinhas ao São Paulo e uma semana depois reconheceu (depois de 24 anos) o Flamengo como campeão.
    Ricardo Teixeira separou dois clubes até então aliados em uma picuinha juvenil e despropositada. O Clube dos 13 já está rachando e os dois clubes envolvidos na “briga” pelas bolinhas (;X) já estão cortando relações.

    Ricardo Teixeira conseguiu o que queria, esta cada vez mais soberano no futebol nacional e a discussão sobre os direitos de TV vai ser mais rasa do que nunca.

    Por Bruno Jeuken

  3. Em 2000 o Brasil foi punido pela FIFA devido que um clube afiliado entrou na justiça comum. O campeonato brasileiro de 2000 não existe para a FIFA. Daí a CBF organizou a Copa João Havelange.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s