99 anos de elite

Fundado em 1912 como Santos Football Clube, o Leão do Mar completa hoje, 14 de Abril, 99 anos. O clube pode até não ganhar nenhum título daqui até o fim de 2012 (ano do centenário), mas a marca do clube promete crescer e as finanças também. Segue abaixo uma homenagem:

366 dias para os 100

São 99 anos com muita coisa pra lembrar. Foram dois Campeonatos Brasileiros, mais recentes, e a contagem chega a oito com as Taças Brasil, Taça de Prata, enfim. Duas Libertadores e dois Intercontinentais (um sobre o Benfica outro sobre o Milan) entraram também na conta. Além de Paulistas e mais Paulistas, teve também taça Rio-São Paulo passando pela mão do Peixe…sem contar aquelas excursões pela Europa e outros jogos mundo afora.

Times históricos marcaram esse clube, como o extraterrestre Santos de 58 a 70. Com Pelé, Pepe, Zito, Coutinho, Mengálvio, Dorval e, mais tarde, Gilmar, Clodoaldo, Carlos Alberto Torres. Esse time está entre os maiores de toda a História do futebol, e o Santos segue refém das comparações dele com ele ‘de antigamente’.

Lá por 78, os meninos da Vila renovaram esse Peixe ‘de antigamente’. Nílton Batata e Pita eram alguns dos craques que ganharam aquele Paulista. Mas eles não evitaram que as décadas de 80 e 90 fossem negras. Magros títulos (Paulisa, Conmebol) e algumas poucas finais de campeonato. É nesse contexto decadente que o Giovanni apareceu como Messias. No ano de 1995, depois de uma semi-final gloriosa e milagrosa contra o Fluminense, o Santos perdeu a final para o Botafogo. Perdeu nos gols que deixou de marcar e no erro cruel daquela arbitragem. A ferida dói nos santistas até hoje. E Giovanni, mesmo sem título, é um dos maiores ídolos do clube.

De novo, o Santos ‘de antigamente’ foi resgatado pela juventude, pelo excelente trabalho das categorias de base. Aquele Santos de 2002, com Diego e Robinho – e Elano, e Léo, e Renato, e Alex, justiça seja feita – ganhou um título improvável. O futebol rápido, vistoso, moleque, encantou torcedores de todas as camisas. O Peixe de novo vencia uma grande competição. E não parou: no ano seguinte foi finalista da Libertadores, em 2004 ganhou de novo o Brasileiro (dessa vez com um time mais maduro e encorpado). Foi bi-campeão paulista em 2006-2007 e incomodou repetidamente na Libertadores – sempre desclassificado em jogos emocionantes e absurdos. Em 2009 chegou a uma final de Paulista contra o Corinthians. Perdeu, quase caiu no nacional, mas voltou em 2010 em grande estilo.

O time do ano passado, faz bem lembrar, não foi estrategicamente montado. Como as coisas mais belas da natureza, ele apareceu. Neymar e Ganso se firmaram como craques, André deu certo, Wesley voltou de empréstimo mostrando um ótimo futebol. Arouca que não vinha dando certo em lugar nenhum tornou-se um jogador indispensável, Léo mostrou que idade nem sempre atrapalha. O bom e velho Robinho voltou, foi coadjuvante mas importantíssimo. Com muitos gols, muitos lances bonitos, o Santos passou um primeiro semestre em nirvana. Ganhou os dois títulos que disputou e  chamou a atenção pela beleza com que jogava!

Esse ano o time ainda tenta se reecontrar, mas ainda é o que nunca deixou de ser: o Santos Futebol Clube. Uma história de bom futebol, de craques, de títulos. E um único tabú: estar a 99 anos sem sair da 1ªDivisão!

Parabéns ao Santos Futebol Clube…e obrigado!

Imagem de hoje do site do Santos

Por Bruno Jeuken

Anúncios

2 responses to “99 anos de elite

  1. Ótimo BRUNO, o Santos é o time que sempre revelara craques para o futebol brasileiro, não há nada mais prazeroso do que nascer, viver e morrer no SANTOS FC.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s