A Final da Europa League: história do Porto campeão!!

18 de Maio, Dublin.

Desde 1971 (a partir de 2009 com este formato) já tivemos  vários campeões, de várias nações. Algumas equipes safam sua temporada com este título, outras tem seu primeiro momento de exposição internacional, realmente um torneio democrático e bem interessante.

Após todas as fases, derrubando adversários grandes, médios e pequenos, duas equipes portuguesas fizeram a final no Aviva Stadium: o FC Porto que eliminou Sevilla, Villareal, CSKA e Spartak Moscou, equipe tradicional, supercampeão nacional (inclusive nesta temporada, com um título invicto), com experiência em competições internacionais e dono de um dos ataques mais efetivos da temporada dirigidos pelo técnico André Villas-Boas, jovem aprendiz de Mourinho e destaque deste ano no banco de reservas; e o Sporting Braga que eliminou Benfica, Liverpool, Dinamo Kiev e Lech Póznan, time em ascensão nos últimos 3 anos, na sua promissora e bem sucedida estreia em competições internacionais com um time recheado de brasileiros (Paulão, Lima, Alan, Arthur, Vandinho, Márcio Mossoró, Paulo César…).

Jogo duro, pegado até o fim!

O primeiro tempo dava mostra de um jogo que seria marcado pela disputa no meio-campo e pela apertada marcação. O Porto não encontraria a facilidade das ultimas partidas e o Braga tentaria a sorte nos contra-ataques e bolas paradas. Custódio quase faz da entrada da área para o Braga logo no início. Lance para deixar a defesa dos Dragões atenta. Felizmente, ela sabe que pode confiar no poder ofensivo de sua equipe; Hulk, em excelente partida (mais uma aliás) sempre que recebe a bola leva perigo. Veloz, usa bem o corpo e é perigoso tanto próximo da área quanto armando pelo meio e caindo pelas pontas, abrindo opções na frente. Quem vem muito bem neste time também é Guarin, que num lance ao final do primeiro tempo pegado, abre caminho em cima de três defensores do Braga para fazer um cruzamento perfeito na área que encontra… ele, o artilheiro, Falcão Garcia! A jogada colombiana sacramenta o 17º gol do atacante, e dá a vantagem para o Porto.

17 gols, artilheiro e herói, mas nesta partida quem arrebentou foi o Hulk hehehe

Intervalo, 1 a 0 e a impressão de que mesmo perdendo, o Braga consegue parar bem seu adversário. O jogo perdeu em qualidade a partir do momento que a marcação se tornou o fundamento mais executado da partida, mas, atrás no placar, a equipe de Domingos Paciência precisaria tentar alguma coisa.

E tentou! Márcio Mossoró (entrando no lugar do amarelado Hugo Viana) perdeu chance incrível logo no início do segundo tempo, em grande defesa do goleiro Helton. Fogo no jogo!! Era tudo ou nada e não havia mais tempo para contemporizar: tática vale menos neste momento do que talento e vontade!!

O Braga tentava ameaçar, mas pegava seu ataque geralmente de costas para a defesa adversária. Tentava, mas deu mostras esta semana de que era uma equipe de vocação defensiva, e na hora de pressionar oponente, ainda mais um oponente mais forte, parecia ir a frente com uma certa desordem e um pouco com “o freio de mão puxado”. O Porto se postava atrás e ficava atento às oportunidades de contragolpe, com as velozes puxadas de Hulk, sempre levando a equipe e chamando a responsabilidade.

A partida caminhava a seu fim com a impressão de que nada mais aconteceria. Faltava qualidade ao Braga, qualidade e talvez um daqueles golpes de sorte que fazem muitos campeões!!! A merecida vitória do Porto, pela impressionante campanha obtida, apenas concretizava o título de uma equipe que deu certo em todos os sentidos e mostrou aliar resultado e futebol bonito. Nos acréscimos, cruzamento atrás de cruzamento e o destrambelhado – mas muito, muito valente Braga – conseguia fazer pressão. 3 minutos tensos para ambos os lados… mas deu Porto!! O torcedor mais uma vez poderia soltar a voz e comemorar um título!!!!

Campeonato merecido, com um final dramático, mas a glória que só os grandes campeões merecem!!

Parabéns aos Dragões, pelo brilhante resultado!!

Agora quem sabe vem mais uma taça contra o Vitória de Guimarães na Taça de Portugal…

POR YURI MOLEIRO

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s