Os melhores do Mundo

Algumas semanas atrás eu criei uma enquete aqui pro blog. Ela perguntava quem seria o campeão da Champions League. Nas opções Barcelona ou Manchester eram acompanhados de “ganha fácil”, “ganha no sufuco”, “ganha nos pênaltis”. Aqui, deu Manchester. Lá…

Fui assistir ao jogo num pub aqui de São Paulo, muito apropriado! Jogo lá e cá…até a página dois. O Barcelona desarrumava a defesa dos Reds com genialidade (é essa a palavra). Messi passava carregando dois ou três, abria-se um corredor pra Villa ou Pedro. Pedro prendia a bola e chamava marcadores, Villa entrava como fosse receber a bola, Messi ficava com um marcador só. E se ele dribla três, quatro, imagina o que não faz quando tem pouca marcação. Bom…isso sem falar no jogo impecável da já sagrada dupla Xavi – Iniesta.

Gol de Pedro, numa jogada a la Barcelona, até ai tudo normal. Rooney, só podia ser ele, empatou quase em seguida. O jogo ficou com cara de 4 a 4, 3 a 3…5 a 4. O tempo estava pra chuva de gols nos dois lados. Mas não…só mesmo Messi para, numa jogada aparentemente normal, acertar um chute na medida e achar um golaço para aliviar a pressão do jogo. E como comemoraram, foi bonito!

O Barcelona seguiu jogando o melhor futebol do século, os Reds seguiram mostrando que se alguém pode ganhar [ou ameçar] do Barça são eles. Para embelezar a beleza, para tornar arte a arte, enfim…Villa acertou um chute magnífico, fantástico, exatamente no único lugar em que ele poderia virar gol. E virou! Mais um golaço para coleção já gigante desse time.
Vale lembrar que o simpático Puyol entrou, depois, para participar da festa.

Não é novidade, mas eu repito. Esse time é um misto de trabalho de base (com jogadores e treinador), investimento a longo prazo e contratações conscientes…
Victor Valdés, Piqué, Busquets e o simpático [de toalha na frente da Rainha] Puyol são prata da casa, que rendem muito(!!!)…mesmo Puyol, tão contestado. Xavi e Iniesta – a dupla dinâmica do meio campo – também vieram da base, dois craques. E o gênio Messi? Foram buscar na Argentina (com um olheiro que deveria ter um busto no Camp Nou) um menino com problemas de crescimento, pagaram um tratamento caríssimo e enfiaram ele nas categorias de base antes da puberdade. Deu no que deu. Guardiola já foi gandula no Barça, jogou no time (junto com o Rivaldo, inclusive), saiu por uns tempos…como todos os jogadores que eu falei até agora, ele passou também pelo Barcelona B – como treinador. Confiaram no trabalho e, em 2008, Pep passou para o time principal.

O trabalho de longo prazo que eu falei é o que começou em 91/92. Valeu, Cruyff! E as contratações…bom…olhem bem pro Daniel Alves e pro Villa. Os dois estão jogando o fino da bola, mandando muito bem em quase todas as jogadas, encaixados perfeitamente no time. São duas das contratações mais acertadas que eu já vi (principalmente o Villa, que foi comprado antes da Copa e depois valorizou um absurdo). O Keirrison não tem explicação, gente…nada é perfeito nesse Mundo!

Eu não precisava me estender tanto para dizer que foi merecido e que este título confirma ainda mais o que já estava confirmado: o Barcelona é o melhor time do mundo…do século

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s