Um dia a gente aprende

Vou tentar resumir: da segunda (13/06) pra terça(14/06) centenas de santistas foram repetidamente desrespeitados. Foi isso!
Comprar ingressos para um jogo, principalmente para finais, sempre tem os problemas de sempre: fila, espertinhos furando fila, problemas no pagamento, cambistas. O maior problema é a falta de respeito com pessoas que estão dispostas a tanto sofrimento pelo clube.

O jogo, nesse caso, vai ser no Pacaembu por pula politicagem. Don Teixeira e toda a mafia não queriam que o jogo fosse no Morumbi, e não foi. Caso fosse, os santistas teriam cerca de 20.000 ingressos a mais. Sendo no Pacaembu, os ingressos que já não eram muitos sofreram muito com os cortes. Dois mil ingressos para a Conmebol, milhares para os patrocinadores e, por ser um estádio municipal, mais de dois mil para a prefeitura. Os sócios compraram primeiro, nada mais justo. Mas nessa brincadeira toda sobraram cinco mil ingressos (eu ouvi também 4.800, não sei qual informação é a mais correta) para os não sócios…pouquíssimo. Eles foram espalhados: Ibirapuera, Canindé, Santo André, Vila Belmiro e, onde eu fui, o Pacaembú.

Fonte: G1

Lá, pelo que eu ouvi, havia mil ingressos. E os “responsáveis” conseguiram bagunçar, desorganizar e gerar tumulto para vender mil (!!!) ingressos! Santistas se acumulavam na bilheteria desde as sete e meia da noite da segunda para comprar ingressos que – teoricamente – começariam a ser vendidos na terça seis da manhã. Eu cheguei lá pelas dez (22h). Uma fila, bem ou mal, foi sendo formada. Depois de muito tempo apareceram duas pessoas com um crachá tentando contar quantas pessoas estavam lá, ouvi um burburinho de que iam pegar nossos nomes. Parecia que ia haver organização.

Doce ilusão! Pegar o nome, cpf e rg, de todos que estavam lá e depois abrir a bilheteria diariamente para estes mil guerreiros (que chegaram lá primeiro) irem comprando seus ingressos aos poucos e sem tumulto era uma ótima ideia. Mas eles não fizeram isso. Pegar os nomes e já separar os torcedores em dez filas de cem também era uma boa ideia, mas também não aconteceu. Milhões de ideias boas apareceram por lá (até porque, tempo livre era o que não faltava). Só os funcionários, eles que deveriam ter o know-how, não conseguiram organizar-se – imaginem se eles fossem vender toda a carga de ingressos!

O que fizeram foi pegar aquela fila que havia se formado democraticamente – por ordem de chegada -, anotar nome, rg e cpf de todos e mandar circular. A fila foi se diluindo, o pessoal foi se “acomodando” para esperar a bilheteria abrir. A gente achou que os três ou quatro “organizadores” sabiam o que estavam fazendo. Alguns foram dormir nos carros, a maioria dormiu no chão gelado, tentando se ajeitar como dava, usando as lâmpadas do estádio para se esquentar, deitando na escada, no papelão, encostando nos pilares. A praça Charles Miller teve centenas de santistas passando fome e frio e sentindo cheiro de mijo – já que, claro, não pensaram em colocar banheiros químicos!

E o que aconteceu quando foi chegando a hora de abrir a bilheteria? Caos! Todo mundo misturado: os que chegaram lá sete e meia, os que chegaram dez horas e os que só foram pro estádio depois que o metrô abriu. Todos aglomerados em frente às bilheterias, o medo de ficar sem ingresso era unanimidade e as horas passadas na fila para por o nome na tal lista não serviram para nada. Já não existia fila, já não fazia diferença ter chegado sete, dez, ou seis da manhã.

Alguns torcedores, do jeito que dava, tentaram organizar. Aquela mistura de gente ia de uma lado para o outro, sempre com tumulto, tentaram formar filas e depois todo mundo corria para o lado oposto tentando ficar perto da bilheteria. Muitos querendo ser espertinhos, tentando tirar vantagem de um jeito até meio infantil. Foi um caos! Já eram quase sete horas da manhã quando a policia militar chegou…e não mudou nada. Alguns desistiram, muitos estavam exaustos demais para reclamar, o tumulto não parava, a gritaria era interminável, a venda não começava, ninguém sabia até que horas ficaria lá. Já estávamos completamento dez horas de fila (?) – ou melhor, de Pacaembú – e não parava de chegar mais e mais santistas. Gente que não ia conseguir ingresso de jeito nenhum continuava lá – se bem que nós, que havíamos chegado no dia anterior e dormido no chão, também não tínhamos certeza que íamos conseguir – e isso só aumentava o tumulto.

E então a tropa de choque chegou. Ai sim a coisa melhorou – infelizmente é verdade. Do

Fonte: LanceNet Foto de Miguel Schincariol

jeito deles, eles dissiparam a aglomeração que burramente entupia a bilheteria, formaram três filas e fizeram tudo funcionar bem rápido. Uma fila era de quem já estava lá faz tempo (e de muitos espertinhos que oportunamente se misturaram), que contava com cerca de 800 pessoas. Do lado esquerdo desta, a  outra foi formada por quem chegou lá de manhã mas ainda conseguiria ingressos. Uma terceira, atrás da segunda, não teria ingressos mas continuou lá, na esperança de haver sobras e também de a chegada de mais ingressos não ser só um boato.

Muita gente chegou horas depois de mim e comprou ingresso antes, muita gente chegou antes e comprou ingresso depois. O importante é que, bem ou mal, a tropa de choque fez o que a “organização” não conseguiu e quem se dispôs a esperar e sofrer conseguiu o ingresso. Somei mais de treze horas de puro desrespeito e sofrimento desnecessário. Isso em uma final de Libertadores! E depois disso tudo ainda tivemos de ler no nosso bilhete de entrada para o jogo final a marca “Ingresso Fácil”. É pouca zuera???

Anúncios

3 responses to “Um dia a gente aprende

  1. Disse bem, isso tudo não teria acontecido se os cartolas FDPs não estivessem boicotando o Morumbi, QUE por sinal não seria boicotado se o presidente do SPFC não fosse um babaca! que se acha o Dono do time e acha também que o clube não precisa de mais nimguém, e por isso indo contra as federações paulista e brasileira de futebol. Bem, elas deram a resposta, morumbi fora da copa e fora de cogitação em jogos de importancia.
    Fora Juvenal !

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s