Aréa de manobra

Ontem, naqueles dias de “sai zica”, a Argentina venceu a Costa Rica por 3 a 0. O adversário não é nada tradicional e nunca venceu os hermanos, mas a vitória já ajuda exatamente por ser vitória e mais ainda pelo placar. Tira a pressão, passa confiança para o menino Messi…aliaas, falando nele, eu já estava começando a duvidar.Eu estava com medo de que ele fosse um excelente jogador, não um gênio. Porque Maradona, gênio, levava junto com Careca o Napoli nas costas, Messi joga no melhor time do mundo com os melhores do mundo. O fraco desempenho dele na Seleção, que estava longe de ser um time ruim, me fazia desconfiar. Mas passou, mesmo contra um adversário fraco, a ótima atuação ainda é válida – e bonita!

Mas o assunto é a Seleção. Mano no Brasil, mais precisamente. Não que a culpa de qualquer

Beleza?

coisa seja dele, já adianto. Mas pensando em retrospecto, Mano Menezes tirou dois times do rebaixamento e aquela batalha dos aflitos com o Grêmio foi épica e emocionante mas não é motivo de orgulho. O ano de 2009 no Corinthians foi bom, mas não traz nenhum título de muita expressão. Alguns, como o Victor Birner, defendem que Mano entende muito de futebol – mais que o Muricy Ramalho por exemplo. Eu concordo, mas acho o técnico pouco eficiente. Se as entrevistas dele são muito boas, se ele é educado e elegante, se passa calma e diz que esta trabalhando, o trabalho em si não oferece resultados.

A contestação começou quando o Brasil ganhou de adversários mais fracos mas perdeu para a Argentina e empatou com França e Holanda. E continua agora com esses dois empates. Falta a Mano Menezes, na minha opinião, área de manobra. Ou seja, falta a ele ter tido tempo e disponibilidade para treinar e “ensaiar” o time. Não na formação que costuma entrar em campo, essa vem treinando bem ou mal. Falta a alternativa, a opção, a mudança durante o jogo em resposta ao que acontecer no jogo. Nesse último contra o Paraguai vimos isso muito bem. Entrou Elano, entrou Lucas, entrou Fred e nada mudou. Podem falar o que quiser sobre o Fred ter feito gol, ainda bem que fez, mas não foi tanto por mudança de jogo quanto foi por “sorte”.

Nenhuma das alterações mudou nada no Brasil, e isso precisa mudar. Falta ao Mano treinar a alternativa, treinar a mudança…e ter uma área de manobra.

Anúncios

One response to “Aréa de manobra

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s