Você não percebeu, mas…

… alguns anos atrás, a transferência do Denílson do São Paulo para o Bétis custou US$37 milhões (a mais cara da história até então), e isso hoje no mundo do futebol é troco de mercado;

… 20 anos atrás as camisas dos times não tinham patrocínio, hoje parecem panfletos de mercado;

… a seleção brasileira só não levava 50 craques porque não podia, hoje não leva 1 porque não tem;

… a seleção era formada majoritariamente por jogadores do Brasil, e não dos que atuavam fora;

… comerciais na TV eram aquele espaço minúsculo de tempo em que mal dava pra ir ao banheiro durante os programas, hoje é aquilo que acontece nos intervalos dos programas, nas chamadas do programa, no encerramento, durante a transmissão, entre um bate boca e outro, e na fantasia que o convidado é obrigado a usar pelos patrocinadores na hora da entrevista;

… não existia dirigente de futebol e confederações vitalício;

… não existiam tantas suspeitas de corrupções e vendas de resultados e de sorteios como hoje;

… o Corinthians já foi zuado pela mídia (“sobrou pra mim o bagaço da laranja…”);

… você assistia jogos de domingo à tarde com seu pai e os amigos dele e hoje não consegue ver um jogo num boteco sem deixar 50 reais em cerveja;

… o camisa 10 era o craque do time, hoje só existe camisa 10 pra completar número;

… o número maior de camisa era 22, 23, 30, hoje é 75, 99…;

… o jogador tinha vínculo com o clube, hoje ele e seus agentes usam o clube como barriga de aluguel e ponte prá Europa;

… o jogador era craque porque era craque, e por isso merecia chance na seleção, e hoje ele vai pra um time secundário da Europa e volta depois de 6 meses querendo o mesmo salário de lá e chance na seleção;

… a Libertadores era competitiva;

… existiam ídolos dentro do futebol, hoje existem os caras que a gente não odeia tanto;

… os jogadores eram jogadores (mesmo que boêmios, mulherengos, cachaceiros), hoje são grupos de músculos com preparo físico de queniano (e ainda continuam boêmios, mulherengos, cachaceiros);

… na época de Pelé, o salário era medíocre, hoje têm os maiores salários do país (e você aí ralando pra se formar comendo no bandejão);

… o futebol era do povo, hoje é de quem paga mais.

Você não tinha percebido, né?

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s