20ª rodada do Brasileirão 2011 (parte 1)

Essa primeira parte da rodada foi um dos motivos por que parei de apostar no Cartola FC. Não tem quem dure desse jeito.

Trégua momentânea

Em meio a turbulências e contestações que eu só vi rondarem no Parque São Jorge em tempos de rebaixamento, o Corinthians superou o Grêmio por 3×2. E pela primeira vez eu vi um juiz não economizar apito contra os paulistas. Expulsou DOIS do alvinegro quando este estava à frente no placar, e o Grêmio não soube aproveitar. Até o sonolento Douglas fez um golaço de falta. Mas, né, pra quem tem Celso Roth, tá bom demais.

Notícias boas no hospital e no campo

Sem falar de capacidade, o Ricardo Gomes é uma pessoa querida no meio do futebol. Tanto que Corinthians até mandou lembranças ao técnico que está se recuperando.

Em campo, o Vasco fez o dever de casa e venceu o Ceará por 3×1. Mas há de se ressaltar uma lambança horripilante do Fernando Prass, que foi inventar de driblar dentro da área (essa mania que goleiro e zagueiro tem de querer jogar bonito na frente do gol!) e o Whasington Oreia pegou de esquerda e fez o gol. Mas foi só.

Quem é o gostosão daqui?

E o Cruzeiro continua sua campanha de descida. Perdeu de 4×2 pro Figueirense e não é nem de perto o tal time bam-bam-bam favorito ao título. Tem que quebrar a cuca pra acertar esse time (turum-dum-tsss).

Quando eu quero mais eu vou pra Goiás

Quem diria, hein? Atlético-GO é a grande surpresa desse campeonato.

Venceu a maioria dos melhores times do Brasil, entre eles Flamengo e Santos, e agora passou pelo Coritiba, outro bam-bam-bam do começo do ano.

Asilo Caminhos do Paraná x Casa de Repouso Mineiros do Bem

De um lado, Kléberson, Cléber Santana, Marcinho e Madson.

Do outro, Mancini, Leonardo Silva, Richarlyson, Pierre, Daniel Carvalho, Triguinho, Guilherme e Magno Alves.

Pela lógica, eles deveriam estar jogando queimada, basquete de 3 ou Bocha. Mas não, querem continuar no futebol. Tá bom.

Jogo feio, horrível. Até essas peladas que eu jogo de segunda à noite com um monte de computeiro nerd dão mais emoção. Lá prás tantas um descoordenado enfiou o pé na canela de outro zé roela dentro da área e os renegados de Minas acabaram vencendo por 1×0.

Oremos.

Jogo de comadres

O Rogério Ceni é outro Marcos da vida (em muitos aspectos). Mas em um deles especial: dá dó de ver um dos maiores ídolos do clube tomando os gols que toma. Não só por ele, mas pelo time. O primeiro gol foi um bate-rebate dentro da área que o Fluminense aproveitou. Mas, puta que o pariu! Não tem um filho da puta pra dar uma bica pra fora? Será que aquele técnico de merda não fala pros zagueiros “tira essa bola daí, porra!!” ? Que mania de brincar dentro da área… E o segundo gol foi a mesma coisa. Outra vacilada da defesa. Lá prás tantas os bambis arrumaram um pênalti mas era tarde demais.

Tô nem aí

A cada 3 jogos o Borges resolve jogar bola. O Santos já deixou bem claro que não quer mais nada esse ano. Só curtir a aposentadoria. E nem assim o Inter conseguiu ganhar! Foi 3 pra cada lado porque ninguém avisou o Borges que não era pra vencer.

Framiengo

Alguém me explica o que acontece com o time do Profexor Luxa?

Tem talvez o plantel mais caro do país e toma cada piaba… Agora levou de 3 x 2 do Avaí, com direito a gol olímpico (contestado) do Gaúcho e gol de Lincoln (aquele, encostado do Palmeiras).

Casa da Mamma Joana

Ao Palmeiras vou dedicar um post especial.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s