Se eu fosse o Felipão

Gostosa

Supunhetando que você esteja HOJE na pele do Felipão. Isso significa: time em crise, briga política até pelo sabor do sorvete no refeitório, sem jogadores de futebol, sem perspectiva, sem chance de chegar alguém e mais um ano indo pro vinagre. O que você faria?

Eu, treinador, mexeria no time.

“AI JURA???”. Calma. Não estou menosprezando ninguém aqui nem falando o óbvio. Eu mesmo sou o maior defensor de que Felipão tá tirando sangue de pedra desde que chegou e que ele e São Marcos deveriam assumir JÁ um cargo vitalício na diretoria.

O que eu faria: modificar a escalação e o time do Palmeiras.

ESQUEMA TÁTICO: 4-3-3 (já explico por quê)

GOL: São Marcos ou Deola, estamos bem servidos. Nem rela!

ZAGUEIROS: Henrique + (Thiago Heleno ou Maurício Erramos).

ALAS (sim, ALAS): (Cicinho ou Paulo Henrique) + (G. Silva ou Gerley). Óbvio? Não. Sim, sempre são estes os escalados. Mas como laterais. Os 4 perdem mais bolas que eu na defesa. Então, deixa correr pelo lado do campo e cruzar bola na área. Deixa o meio para os zagueiros e a parte de defender pelos lados para os…

VOLANTES: Márcio Araújo, Assunção e Chico. O Gente Boa NÃO É lateral. Não adianta julgá-lo jogando na lateral. Ele é volante. Se continuar assim, vai virar outro Wendell da vida. E, sendo volante, joga à la Pierre: não aparece, é o cão de guarda, joga pro time. Deixa ele ali no meio caindo pro lado direito. Chico, canhoto, a mesma coisa: não é lateral, nem zagueiro, então fica no meio, ajudando do lado esquerdo. Assunção também não é armador. Escalemos o cidadão para bater falta e fazer cara feia no meio. Ora, SPFC tem Ceni, Vashco tem Juninho, nós temos Assunção.

Nada de armadores: Valdívia nunca joga, Patrik dá desgosto, Tinganei dá vontade de enforcar. Joga sem ué. Aí que vem a parte interessante do esquema:

3 homens de frente, aí depende muito do que se quer:

  • 2 atacantes e 1 centroavante (M. Leite ou Kleber; Luan ou P. Carmona; Fernandão ou R. Bueno): neste caso, dois coitados correm pelos lados chegando com ousadia dentro da área, cavando pênalti, fazendo firula pra cavar falta fora da área, chutando de longe; ou
  • 1 atacante e 2 centroavantes: neste caso, 2 homens centralizados recebendo cruzamento atrás de cruzamento dos alas (viu por que alas?) e do Assunção e 1 homem atrapalhando ali a frente da área, correndo de um lado pro outro do campo, mas sem recuar muito;
  • 3 corredores: neste caso, é bumba meu boi: põe 3 nego correndo da metade do campo adversário prá frente, sem voltar muito, e atacando em bloco.

Em qualquer das escolhas, é MUITO importante bola na área o tempo todo. Porque é o que temos: temos sempre 3 lá dentro pelo menos, e pelo menos 3 pra cruzar pelo menos.

É feio? É. Pode dar certo? Pode. Não vale 3 pontos do mesmo jeito?

O importante é se adaptar. Se não temos um Alex, um Arce, um matador, vamos do jeito que dá, ué.

Seja o que San Genaro quiser.

Saudade...

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s