Coruripe 0 x 1 Palmeiras

O Palmeiras é tipo do Raul Gil dos times: dá oportunidade pra todos os pequenos crescerem.

É claro, a gente tá acostumado a ver o time dando fortes emoções, caindo pra times cada vez mais fracos e tal. E, como não poderia deixar de ser, aquele medo da última década nos assolou essa noite. Quem conhecia o Coruripe? Além de ser um alagoano, né? (ASA? Oi?)

Mas parece que todos os times correm muito mais quando jogam com um grande. E não foi diferente dessa vez. Grazie a San Genaro El Pirata já deixou o dele logo no comecinho. E o time entrou num sono profundo que durou até os 37 do segundo tempo. Parecia que iam resolver o jogo a qualquer minuto, só que ao contrário.

Aí o Bigode deu a chance que o Coruripe queria: mandou a campo Patrik, Carmona e Bueno. Só faltou o Tinga mesmo. Se bem que o Carmona foi até bem…

Chegando perto do fim do jogo, os dois times ocupavam apenas um espaço no campo: a grande área do time nordestino. Mas aí é aquela velha história, né? Em retranca ou campo pesado tem que usar…. ? Chuveirinho. Mas alguém faltou na lição de casa e continuavam tentando tocar a bola pelo meio. Nada surtia efeito, obviamente. Apenas Juninho num lance teve essa brilhante ideia e, vejam só, Henrique, de primeira, mandou na trave.

E o jogo terminou assim mesmo. O próximo é em Jundiaí. Mas depois tem SCCP.

E já são 20 jogos de invencibilidade. Quem diria, hein?

Anúncios

One response to “Coruripe 0 x 1 Palmeiras

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s