Especial do Centenário – Ficha completa e homenagem (4)


SANTOS FUTEBOL CLUBE
Fundação:
14 de Abril de 1912
Local: cidade de Santos, Rua do Rosário nº18, na parte superior da antiga padaria e confeitaria Suissa – Atual Avenida João Pessoa.
Iniciativa: Francisco Raymundo Marques, Mário Ferraz de Campos e Argemiro de Souza Júnior.
Primeiro jogo: 15 de Setembro de 1912, vitória por 3 a 2 sobre o Athletic Club (atual Clube dos Ingleses)
1º Diretoria: A primeira diretoria foi formada por:
Presidente – Sizino Patusca 
Vice-presidente – George Cox
1º secretário – José G. Martins
2º secretário – Raul Dantas
1º tesoureiro – Leonel Silva
2º tesoureiro – Dario Frota
Os diretores eram: Augusto Bulle, João Carlos de Mello, Henrique Cross, Francisco Raymundo Marques, Cícero F. da Silva e Jomas de C. Pacheco.
Estádio: Urbano Caldeira – Vila Belmiro (1916)
Primeiros títulos:
1º título oficial – 1935, Paulista
1ª Libertadores e 1º Mundial -1962
1º Nacional – 1961
1ª Copa do Brasil – 2010
1ª Recopa – 1968
1º Brasileirão (atual formato) – 2002

10 Maiores Goleadas:
19/11/1959 – Paulista – Santos FC 12 x 1 Ponte Preta – Vila Belmiro
Gols do Peixe: Coutinho (5), Pepe (4), Aguinaldo (2) e Mingão (contra)

03/05/1927 – Paulista – Santos FC 12 x 1 Ypiranga – Vila Belmiro
Gols do Peixe: Araken Patusca (7), Feitiço (2), Camarão, Evangelista e Hugo

21/11/1964 – Paulista – Santos FC 11 x 0 Botafogo-SP – Vila Belmiro
Gols do Peixe: Pelé (8), Pepe, Coutinho e Toninho Guerreiro

16/05/1965 – Amistoso – Santos FC 11 x 1 Grêmio Maringá – Maringá
Gols do Peixe: Toninho Guerreiro (4), Pelé (3), Peixinho (2), Coutinho e Abel

05/06/1927 – Paulista – Santos FC 11 x 2 Barra Funda – Vila Belmiro
Gols do Peixe: Feitiço (4), Araken (2), Camarão (2), Evangelista (2) e Omar

03/07/1927 – Paulista – Santos FC 11 x 3 Americano – Vila Belmiro
Gols do Peixe: Araken (6), Feitiço (3) e Camarão (2)

11/09/1958 – Paulista – Santos FC 10 x 0 Nacional – Vila Belmiro
Gols do Peixe: Pelé (4), Guerra (3), Dorval (2) e Urubatão

27/07/1918 – Amistoso – Santos FC 10 x 0 Americana – Vila Belmiro
Gols do Peixe: Ari Patusca (6) e Fontes (4)

09/03/1919 – Amistoso – Santos FC 10 x 0 Ex-São Paulo Railway (atual Nacional) – Vila Belmiro

16/09/1928 – Paulista – Santos FC 10 x 0 Portuguesa de Desportos – Vila Belmiro
Gols do Peixe: Wolf (5), Camarão (2), Feitiço (2) e Evangelista

10/03/2010 – Copa do Brasil – Santos FC 10 x 0 Naviraiense-MS – Vila Belmiro
Gols do Peixe: Madson (2), André (2), Neymar (2), PH Ganso, Robinho e Marquinhos

14/06/1970 – Amistoso – Santos FC 10 x 0 Benfica de Hudson-EUA – Hudson
Gols do Peixe: Douglas (4), Picolé (3), Abel (2) e Djalma Duarte

Fonte: Centro de Memória e Estatística

Artilheiros: Lista completa

Top 5 invencibilidades:

Jogos Vitórias Empates Período*
26 25 1 21/4/1927 – 15/01/1928
25 22 3 25/4/1972 – 11/07/1972
24 18 6 29/8/1967 – 23/01/1968
23 21 3 26/11/1958 – 12/02/1959
22 19 3 21/3/1973 – 01/07/1973

Títulos:
92 títulos de 1913 – 2011
Sendo os principais:
2 Mundiais – 1962, 63
3 Libertadores – 1962, 63, 2011
8 Brasileiros (Taça Brasil, Taça de Prata, Brasileirão)
1 Copa do Brasil
19 Paulistas (todos eles já no profissionalismo, ou seja, depois de 1933)
5 Rio/São Paulo
1 Recopa Sul-Americana – 1968
1 Recopa Mundial – 1970
1 Copa Conmebol – 1998

Parabéns ao Santos Futebol Clube pelos 100 anos de História, por todos os títulos, todos os recordes, pelos grandes jogadores, pelo futebol arte. Parabéns ao Santos por ter vencido o preconceito por ser time do litoral. Parabéns por ser o único time grande do Brasil que não é de uma Capital, por ter saído da beira do porto para conquistar o Mundo, para ser o time brasileiro mais conhecido fora do Brasil.
O time de Feitiço, de Pagão, de Araken, de Zito, de Pepe, Calvet, Pelé!!!,  Coutinho, Gilmar, Mengálvio, Lima, Edu, Clodoaldo, Toninho Guerreiro, Carlos Alberto Torres, Pita, Juary, João Paulo, Nílton Batata, Serginho Chulapa, Rodolfo Rodríguez, Giovanni, Elano, Léo, Diego, Robinho, Zé Roberto, Paulo Henrique Ganso, Neymar. De novo, Santos, parabéns!, porque esse clube elevou o futebol ao estado de arte, fez de cada movimento do corpo e da bola uma significação, uma simbologia, uma provocação ao adversário e um elogio à torcida. Há gols na sua História, Santos, que são inexplicáveis, há goleadas que são inimagináveis, e viradas que mostram que há força e raça mesmo nos artistas mais sensíveis, no seu caso, os artistas da bola e campo.
Parabéns pelos jogos que valem mais do que títulos (já tem tantos), como a virada de 7 a 6 sobre o Palmeiras ou aquele 5 a 2 contra o Fluminense quando os jogadores, precisando de três gols de diferença, nem desceram para o vestiário, ficaram em campo no intervalo em simbiose com a torcida e esperando o adversário voltar. Parabéns também pelo grau de fidelidade de seus torcedores, que não saíram de cena nem nas épocas de vacas magras. Talvez porque todos santistas sabem que inevitavelmente o Santos encontra força e inspiração dentro dele mesmo para parir novos craques e renovar o futebol arte, às vezes tão esquecido e negligenciado.
O ataque dos 100 gols, os bi-campeões paulistas da década de 50, o Time de Ouro da década de 60, aquele time extraterrestre, os Meninos da Vila de 78, o time do messias Giovanni, o Santos de Diego e Robinho, o Santos de Neymar e Ganso. O futebol no Santos é arte, o futebol no Santos é velocidade, beleza, alegria, ofensividade, é o esporte no seu estado máximo, é o esporte sublime.
Por isso tudo não resisto ao clichê: que venham mais 100 anos.

Anúncios

One response to “Especial do Centenário – Ficha completa e homenagem (4)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s