O futuro do Barcelona e o futuro de Guardiola

Hoje, acompanhado de Puyol, Busquets, Piqué, Iniesta, Xavi, Valdés, Fábregas e Pedro, com Sandro Rossel, presidente do clube, ao microfone, Guardiola deixou o Barcelona.

Ele assumiu o time na temporada 2008-09, abriu mão de Ronaldinho, Eto’o, Deco, buscou Piqué,  Daniel Alves, revelou Busquets e Pedro. Contou com o três vezes melhor do mundo Messi em fase genial, mais tarde teve Fábregas, David Villa, Alexis Sanches. Temos que atribuir, sim, ao Guardiola o estilo de jogo do Barcelona. Com os jogadores que ele escolheu comandar, organizou um time que joga pelos passes e pela posse da bola. O simples do futebol levado às últimas consequências. Nunca, sob o comando de Pep, o Barcelona teve menos posse de bola em um jogo, nunca. Levou os laterais, principalmente Daniel Alves, a serem praticamente pontas, teve méritos totais ao acertar a posição de Messi, que passou a jogar centralizado e atrás dos volantes, de onde saíram tantos passes geniais e golaços.

Foram 13, TREZE, títulos em quatro anos. Entre eles dois Mundiais, duas Champions League (chegando sempre no mínimo à semi-final), uma Taça do Rei, três Espanhóis, três Supercopas Espanholas, duas Supercopas Europeias. Simplesmente fantástico.

Agora ele sai, depois de duas vezes renovar por apenas uma temporada. Disse que está cansado, que não tem mais a energia do primeiro ano para contagiar os jogadores. Quer descansar.  Certo ele, treze títulos com quarenta e um anos apenas, depois de treinar um dos melhores times da História…ele merece descansar.
Mas o que acontece daqui pra frente?

Os jogadores do Barcelona, acho que todos concordam, não têm mais o que aprender. Tudo em relação ao futebol eles ou já sabem ou alguns jogadores do time sabem e podem tranquilamente comandar os que não sabem. O time do Barcelona tem um senso de coletividade quase inigualável, com pouca ou nenhuma inveja dentro do plantel, com o 3 vezes melhor do Mundo sendo símbolo de humildade, é o time onde todos comemoram os gols juntos, independente da jogada, é o time que quase todo joga junto desde a pré-adolescência.

Por tudo isso, eu acho sinceramente que eles mantém Tito Vilanova – o comandante de futebol do Barcelona que era assistente do Guardiola – como figura de referência, mas (ideia de um amigo que eu achei muito válida) agora começa uma Democracia Barcelonista. Não como a corinthiana, em que o Sócrates podia tudo e os “pequenos” não podiam nada, em que a democracia era só pra escolher em que hotel eles ficariam, que comida comeriam, sendo as grandes decisões tomadas pelo chefe Sócrates e seu lacaio Casagrande.  Não! No Barcelona, com esse senso de equipe, de comunidade, com essa ligação desde as categorias de base, enfim, será algo como uma autogestão bem controlada, democrática e bem sucedida, com Puyol ídolo da Catalunha incendiando os vestiários, Messi como apoio técnico e tático junto a Puyol, Piqué e Valdés como lideranças dentro de campo. Se não é isso que vai acontecer, pelo menos eu acho que deveria. Vou ligar para o Puyol e dar a ideia.

E quanto ao Guardiola?!
Não sei, sinceramente. Mas acho que não é desculpa isso que ele disse sobre estar cansado, sem o mesmo tesão do primeiro ano. Algumas opções podem acontecer:

Descanso: Guardiola descansa seis meses ou um ano depois de sair do Barcelona e volta. Ou então procura novas propostas. Que seriam:

Futebol inglês: o Chelsea está disposto a pagar muito dinheiro para ter Pep, mas como ele é bastante ligado ao trabalho na base, talvez prefira o United, que também o quer. Ele pode ser o substituto de Alex Ferguson, que já está de saída.

Ajax:  Cruyff começou um trabalho nas bases do Barcelona lá no começo da década de 90, já vimos no que deu. Acontece que desde o ano passado ou retrasado ele faz o mesmo no Ajax (ou pelo menos tenta). Encaixaria muito bem no projeto de reforma do Ajax a figura genial de Guardiola, que pode chegar para reformular as categorias de base e treinar o time principal de acordo com as opções.

Qatar: Pep Guardiola já jogou por lá, inclusive foi treinado por Pepe (do Santos) e vivia perguntando sobre o time da década de 60. O Qatar está organizando uma operação mundial para montar uma Seleção competitiva para a Copa de 2022. Eles vão buscar jogadores do mundo, literalmente vão catar (tu dum tsss) jovens ao redor do Mundo para naturalizá-los. Quem melhor para começar um time do zero do que Guardiola?

Chivas, no México: o bom e velho Cruyff está mostrando trabalho também no Chivas, renovando o time por baixo, como de costume. A diretoria já declarou que é só ele pedir que eles contratam Guardiola. Será? Acho que Pep não iria, mas é uma opção.

Barcelona: Reafirmo essa opção. Pep pode muito bem descansar meia temporada ou uma temporada inteira e voltar nos braços do povo. Se ele realmente parar por um ano, já vai estar de novo na hora de renovar o Barcelona, como ele fez em 2008. Com certeza ele vai adorar esse trabalho.

Seleções: Além da do Qatar, Guardiola pode assumir alguma Seleção já para a Copa de 2014. Ele nunca ganhou uma Copa do Mundo, nunca treinou uma Seleção e pode se interessar por essa ideia. Quem não se interessaria? Pode treinar o selecionado espanhol, que seria a esperança da Espanha superar a Alemanha no Brasil em 2014, mas para um símbolo da Catalunha isso é impossível. O mais provável? A Holanda.

Anúncios

3 responses to “O futuro do Barcelona e o futuro de Guardiola

  1. todos nos adeptos confessos do barcelona queremos a volta do pep guardiola a barcelona, já. ele faz-nos muita falta, é claro que o titto villanova xta a dar conta do recado mas a equipa xta a sofrer muitos golos, os dois juntos seria mas um bom reinado a começar em 2013-2018. queremos tambem a vinda do neymar ja para ao lado do messi ganharem muitos titulos, vem, vem, vem Neymar por favor. vem, vem vem Guardiola a gente te ama na catalunha, aqui é a sua casa, volta porque os seus filhos xtão cm fome e sudades do ppa, principalmente os MESSI, INHESTA, XAVI, BUSQUET, THIAGO, VILLA, PIQUE, FABREGAS, JORDI ALBA, MONTOYA, BARTRA, PEDRO E OUTROS MUITOS JOGADORES ELES SÃO COMO DEUS FILHOS DE SANGUE. VÊM POR FAVOR. QUE TAL A CONTRATAÇAO DE DOIS CENTRAIS PARA COMEÇAREM OCUPAR OS LUGARES DE PIQUE E PUYOL, QUANDO ESTES ESTAO LESIONADOS?

  2. todos nos adeptos confessos do barcelona queremos a volta do pep guardiola a barcelona, já. ele faz-nos muita falta, é claro que o titto villanova xta a dar conta do recado mas a equipa xta a sofrer muitos golos, os dois juntos seria mas um bom reinado a começar em 2013-2018. queremos tambem a vinda do neymar ja para ao lado do messi ganharem muitos titulos, vem, vem, vem Neymar por favor. vem, vem vem Guardiola a gente te ama na catalunha, aqui é a sua casa, volta porque os seus filhos xtão cm fome e sudades do ppa, principalmente os MESSI, INHESTA, XAVI, BUSQUET, THIAGO, VILLA, PIQUE, FABREGAS, JORDI ALBA, MONTOYA, BARTRA, PEDRO E OUTROS MUITOS JOGADORES ELES SÃO COMO DEUS FILHOS DE SANGUE. VÊM POR FAVOR.

  3. eu e os outrosadepyosdo barcelona queremossim a volta do pep guardiola para o glorioso barça.por favor volta pep.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s