Futuro provável campeão

A noite dessa quarta-feira encerrará um capítulo do futebol brasileiro, do clássico Santos e Corinthians e da história de cada um dos times. Mas esse capítulo vai fazer muito mais sentido e ser muito mais importante se quem passar no jogo de hoje for campeão nos dois próximos:

Se o Santos passar e for campeão:
Uma Libertadores histórica! Inesquecível!
Caiu no grupo do Internacional, campeão de 2010. Difícil? Uma vitória, no melhor jogo que o Santos fez na Libertadores, e um empate no Beira-Rio.
E nas oitavas de final algo que mesmo sem o título não vai ser esquecido, foi lindo: o primeiro jogo contra o Bolívar em La Paz teve altitude, catimba, torcedores jogando tudo no gramado, uma laranja jogada no rosto do Neymar, uma série de desrespeitos e o Santos perdendo de 2 a 1; o segundo jogo, na Vila, teve a faixa na torcida santista “Na Vila Belmiro a resposta é no campo” e a goleada por 8 x 0, sonora e indiscutível.
Nas quartas, o Velez, time argentino encardidíssimo. Derrota por 1 a 0 no primeiro jogo e, no segundo, uma partida duríssima, com cara de 0 a 0. Alan Kardec tinha se desesperado por perder um gol, mas Neymar disse que ele faria o tento do jogo. E ele fez! 1 a 0 para o Santos. Vitória nos pênaltis, pra matar o torcedor do coração, sem errar nenhuma cobrança.
E depois dois jogos contra o Corinthians. Passar pelo rival hoje significa reverter outra derrota, dessa vez mais complicada. Seria um feito instantaneamente histórico.
E se a final for contra o Boca, outro ponto fortíssimo para um possível título: repetir o Santos de 60 e ganhar em um ano contra o Peñarol e no outro contra o Boca. Coincidências da vida! Sem contar que ser tetracampeão da Libertadores é para muito poucos, ganhar dois títulos seguidos para pouquíssimos.

Se o Corinthians passar e for campeão:

O Brasil vai parar no dia seguinte. Corinthians campeão da Libertadores = feriado nacional.

A história do título começaria ano passado, na desclassificação – antes da fase de grupos da Libertadores – contra o pequenino Tolima. Um baque inesperado, uma decepção. A diretoria bancou Tite e o time. Algo que os outros clubes do Brasil têm que aprender com o Corinthians: não demitir técnico e jogadores, especialmente técnicos, no primeiro mal resultado. Depois Tite e o time perderam o Paulista daquele ano. Tite continuou no cargo. E já conseguiu, junto com os jogadores e a torcida, um Campeonato Brasileiro e chegou a uma semi-final de Libertadores. Aprenderam, cartolas?

Além disso, por motivos óbvios esse título entraria para história do futebol: o primeiro título do Corinthians! E tem mais: em 2012! Ano apocalíptico. E tem muito mais:
Teve um empate heroico no primeiro jogo contra o Táchira, teve goleada (de um time que, dizem, não faz gols)…e aquela vitória sobre o Vasco! Vice do Brasileirão 2011, campeão da Copa do Brasil, perde um gol na defesa de Cássio e toma um gol épico (em um jogo épico) de Paulinho, que sobe o alambrado e abraça um torcedor, em uma imagem que fica para sempre (mesmo até sem o título). Assim como a imagem de Tite, expulso, no meio da torcida.
Ganhar do Santos é outro capítulo importante dessa história, por ser o atual campeão (como o Palmeiras era em 2000). E, por fim, a quebra de um tabu (na verdade dois): nunca o Campeão Brasileiro de um ano ganhou a Libertadores do ano seguinte – e o Corinthians ainda não ganhou nenhuma.

Então, boas histórias garantidas se algum dos dois ganhar a Libertadores desse ano.
O que não pode é o Boca ganhar, eles já tem seis (SEIS!), a Argentina tem milhares. Já ta ótimo!

Anúncios

7 responses to “Futuro provável campeão

  1. Queridão, não sabe procurar sobre a História do Futebol?
    1991 – São Paulo Campeão Brasileiro sobre o Bragantino.
    19 Jogos – 26 Pontos – 11 vitórias – 4 Empates – 4 Derrotas – 26 gols pró e 14 sofridos.
    Libertadores de 1992 – São Paulo Campeão – 4 Confrontos
    São Paulo 3 x 0 Nacional
    São Paulo 2 x 1 Criciúma
    São Paulo 3 x 2 Barcelona Equador
    São Paulo 1 (3) x 1(2) Newell’s Old Boys

    Ótima matéria, se você fosse menos torcedor e se importasse mais com a História do Futebol Nacional e Sulamericano.

  2. Adorei o texto! ta de Parabens!

    como corinthiana espero que possamos ganhar, mas como fiel torcedora, isso nao faria mudar o time do meu coração!

    Poderia não ser campeao da libertadores, mas ficaria feliz de passar pelo santos, só para mostrar a todos, que o “Invencivel” e com o incrivel craque, é sim derrotado e precisa melhorar!

  3. Como bom corneteiro (e admirador do Boca e do Riquelme, apesar desse desgraciado ter tirado duas Libertadores nossas), espero que os argentinos levem mais uma. Se não, o Santos, o segundo time de todo mundo.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s